Em 60 anos, é a terceira demissão de um comandante do Exército

Comandantes do Exército demitidos

Lauro Jardim
A demissão de um comandante do Exército não é, evidentemente, algo trivial. Ainda mais com apenas 20 dias de governo. Nos últimos 60 anos, somente duas vezes tal situação ocorreu.
Em 1977, quando Ernesto Geisel demitiu Sylvio Frota, um general linha duríssima que queria comandar um golpe de estado e tomar o poder.
E, em março do ano passado, quando Jair Bolsonaro trocou de uma só vez os comandantes das três Forças Armadas: Edson Pujol (Exército), Ilques Barbosa (Marinha) e Antônio Carlos Moretti Bermudez (Aeronáutica). Na véspera, o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, havia pedido demissão.
Bolsonaro botou em seu lugar o general Braga Netto. Era um momento em que o então presidente quis enquadrar os comandantes das três forças. O trio queria distanciamento da política. Bolsonaro, no entanto, ambicionava outra coisa: comandantes leais aos seu projeto autoritário.
O Globo/montedo.com

14 respostas

  1. Não se fez tanto alvoroço quando o capitão desajustado ‘expurgou’ sumariamente:
    – Todos Cmt’s das Forças e ministro da Defesa.

    1. Agora tá ótimo com a volta da quadrilha. Todos os ninistros atuais possuem somados Mais de 500 processos sem julgamentos. Ótimo não é!!!

    2. Seus comentários são péssimos. Pare de ver a globo lixo e se informe sobre a realidade atual do País. Parece que tá tudo bem agora não é!!!

  2. A imagem do EB perante a sociedade brasileira foi maculada neste quatro anos, por causa de um presidente da
    República insano que introduziu a política dentro das forças armadas, por intermédio de Alguns Generais que faziam parte do seu governo.

  3. Ou tomava-se essa atitude, ou os prejuízos para as Forças seriam maior. Mudou O sacerdote, mudou a lei. A bandalheira tem que acabar logo, andes que alguém ache que não se precisa mais de Forças Armadas.

    1. O desgoverno petista com apenas 22 dias, estafazendo o País perder milhares de empregos, com o fechamentos de muitas Empresas. Vamos sofrer muito nos próximos 4 anos. E aí vermelhinho ???

  4. Se fosse o Bolsonaro seria a maior crise militar desde o Império. Montedo eu não sei porque, dígito normal mais toda palavra desde que foi mudado o lay out do blog começa com letra maiúscula, acredito que seja um problema do blog, já postei no meu computador e no celular e ocorre a mesma coisa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo