Escolha uma Página

O Comando do Exército passou a semana recebendo telefonemas de órgãos de imprensa interessados em descobrir a origem da dupla

Robson Bonin
O Exército identificou nos últimos dias dois de seus ex–recrutas que viajaram para a Ucrânia supostamente para ajudar o povo ucraniano a derrotar a máquina de guerra de Vladimir Putin.
Os trapalhões viram problema para o Exército quando a história ganhou as redes e mostrou que os “militares brasileiros” estavam sabotando as defesas ucranianas com suas postagens na internet, que acabavam servindo de pistas para o exército russo.
O Comando do Exército passou a semana recebendo telefonemas de órgãos de imprensa interessados em descobrir a origem dos ex-recrutas. Ao cruzar os nomes da dupla com os arquivos, a força acabou constatando que as figuras eram mesmo ex-militares.
RADAR(Veja)/montedo.com

Skip to content