Escolha uma Página

Militar da marinha morre após ser baleado durante confusão em festa, na Zona Norte de Manaus
De acordo com a polícia, o sargento estava em uma festa de pagode, mas durante evento teria discutido com os organizadores do evento. Suspeito dos disparos ainda não foi identificado.

Por g1 AM
Em Manaus, um militar da marinha, de 41 anos, morreu após ser baleado por conta de uma discussão em uma festa, no bairro Cidade Nova, zona Norte da cidade.
De acordo com policiais do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o crime aconteceu por volta das 3h da madrugada de domingo (20).
Segundo os policiais, o sargento estava em uma festa de pagode com a ex-esposa e a atual namorada. Durante a festa, o militar teria discutido com os organizadores do evento e os três teriam sido expulsos do local.
Depois de serem expulsos, o militar foi até o carro, pegou uma arma de fogo e começou a atirar para o alto. Pelo menos cinco disparos foram ouvidos por testemunhas.
Nesse momento, um outro homem, ainda não identificado, viu a situação e atirou contra o sargento, que morreu dentro do carro.
Diante da situação, a ex-mulher do sargento tomou a arma que ele estava e atirou em direção a pessoas que estavam no bar.
Um dos tiros atingiu um homem de 28 anos, que não estava envolvido na situação. O homem chegou a ser levado ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, mas não resistiu e morreu.
A mulher foi presa e levada ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e deve passar por audiência de custódia.
Por meio de nota, a Marinha informou que tomou conhecimento do fato e está oferecendo apoio necessário para familiares do militar. A marinha informou ainda que irá acompanhar o caso junto às autoridades.
G1/montedo.com

Skip to content