Escolha uma Página

Ex-presidente conversa com parte das Forças Armadas, insatisfeita com Bolsonaro, visando 2022

LEANDRO MAZZINI
Em suas visitas mais constantes a Brasília, onde usa apartamentos funcionais de parlamentares do PT ou um hotel 5 estrelas para se hospedar e articular seu futuro palanque presidencial, Lula da Silva tem recorrido a velhos amigos para reforçar o staff.
O ex-ministro Nelson Jobim e o ex-chanceler Celso Amorim estão em campo na tentativa de reaproximação do petista com parte das Forças Armadas – inclusive na cúpula – insatisfeita com o presidente Jair Bolsonaro.
Dilma Rousseff no grupo, nem pensar! Há uma resistência de oficiais por causa da Comissão da Verdade, que destruiu a ponte dela com os militares.
Coluna ESPLANADA/montedo.com

Skip to content