Escolha uma Página

Rebeca Miotto*
Com o coração partido, dilacerado,sangrando, venho aqui comunicar a partida do meu amado pai.
Meu Porto Seguro, minha pessoa de referência na vida, aquele a quem eu sempre recorro nos momentos de maiores angústias e aquele que sempre me disse a palavra certa nas grandes decisões da minha vida.
Pai, ainda não consigo entender o motivo pelo qual Deus quis que o destino fosse assim. Tu nos deixou tão cedo, com tantos planos que fazíamos, tantas viagens, churrascos,idas para a praia, passeios com a Zahra, historinhas do urso Pimpão pra Catarina…
Mas consigo compreender que tu cumpriu a tua grande missão nesse mundo:FAZER O BEM. Só nós sabemos quantos telefonemas tu atendia para ajudar a quem fosse, e sempre fez isso com prazer.
És um exemplo de ser humano acima da média, com uma alma evoluída. Pessoa simples, desapegada de bens materiais, altruísta, com humor inteligente, sempre pronto para ajudar e com a palavra certa. Nesses dias de dor que passamos, foi acalentador ver quantas pessoas estavam genuinamente torcendo pela tua recuperação em todo o Brasil.
Extremamente dedicado ao trabalho e à pátria, foi um soldado exemplar de Cavalaria. Um verdadeiro líder, que tratou subordinados e superiores com o mesmo respeito e empatia.
Agradeço a Deus o privilégio de ser sua filha e poder ter convivido contigo intimamente.
Por aqui, ficaremos mais unidos ainda. Sempre nos deixou claro que tudo que tu fez foi pensando na gente. E sei também o quanto tu te orgulhas de mim e do Armando.
Prometo seguir cuidando de todos, honrar tudo que nos ensinou com teu exemplo, prometo que a Catarina sempre saberá o grande homem que foi o avô dela e nunca esquecerá de ti.
Ainda sem acreditar,me resta perguntar: será que os dias voltarão a ser felizes?
Obrigada por tanto! Te amo daqui até a eternidade.
*Filha do General Geraldo Antônio Miotto, vitimado pela COVID-19 nesta quarta (20), após longo período de internação.

Skip to content