Escolha uma Página

Você cairia no golpe de um “general” americano que reside no Iraque?
Pois uma mulher de 46 anos de idade, solteira, residente em Santa Rosa/RS, comunicou na Delegacia de Polícia (DP) que conheceu um suposto “general dos EUA” que dizia estar residindo no Iraque.
Após seis meses – isso mesmo, seis meses – de muita conversa via WhatsApp ele prometeu que viria ao Brasil para casar-se com ela. Após ganhar a confiança da mulher ele disse ter encaminhado um pacote à vítima. Só que para ela receber o referido pacote, deveria depositar R$ 5 mil em uma conta indicada pelo “general”. Algum tempo depois houve nova solicitação, tendo desta vez, pedido R$ 21 mil. Na terceira e, inacreditável vez, foram depositados R$ 18 mil.
Após repassar os R$ 44 mil, a mulher desconfiou que o “general” americano que vivia no Iraque poderia não vir ao Brasil casar-se com ela.
Foi a DP e fez a ocorrência que está lá, registrada.
jornalnoroeste/montedo.com

Skip to content