Escolha uma Página

Ao mostrar teste da covid-19 na internet, general Heleno divulga CPF por engano e internautas usam dados
Ministro do Gabinete de Segurança Institucional acabou sendo filiado ao PT, inscrito como sócio do Vasco e virou assinante de serviço de streaming

GAÚCHAZH

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, 72 anos, cometeu ato falho de divulgar seus próprios CPF e RG em publicação em rede social na tarde da terça-feira (31). Os dados pessoais constavam na imagem, publicada por Heleno, do exame para detectar o coronavírus. O resultado deu negativo, e o ministro compartilhou o teste para mostrar que está curado. No entanto, a boa notícia ficou em segundo plano.
A publicação ficou disponível por uma hora nas redes sociais e foi tempo suficiente para que outros usuários usassem os dados do general.
O CPF de Augusto Heleno foi filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), cadastrado como sócio do Vasco (ele é torcedor do rival Flamengo), registrado como novo usuário de aplicativos de entregas para ganhar descontos de primeira compra, assinante do serviço da Globo Play e mais.


Mesmo depois de excluir a publicação pouco discreta e substitui-la por fotos com os números borrados, o general seguiu sendo alvo das piadas dos usuários do Twitter.


GAÚCHAZH/montedo.com

Skip to content