Escolha uma Página

Imagem ilustrativa

Cáceres (MT) – Devido ao decreto das Cidades Gêmeas, a fronteira de Cáceres com San Matias na Bolívia, terá restrições diferenciadas em relação ao coronavírus.
A informação foi passada ontem, 20, a imprensa pelo delegado chefe da Polícia Federal em Cáceres, Adair Gregório.
De acordo com ele, enquanto o País vizinho fechou para entrada de brasileiros por Cáceres, o lado brasileiro não pode agir da mesma forma por uma questão de humanidade.
Boa parte do comércio de San Matias, por exemplo, é abastecido por Cáceres. Cortar isso seria por em risco os vizinhos.
Dessa maneira, a Polícia Federal, Gefron e o Exército vão permitir apenas a entrada de bolivianos para compra e transporte de cargas, alimentos. Só que eles não poderão ir para qualquer outra cidade do Estado.
Por iniciativa dos bolivianos, eventuais casos de corornavírus em San Matias serão levados para Santa Cruz.
Estudantes brasileiros que estavam na Bolívia devem permanecer em isolamento social por duas semanas, de acordo com autoridades de saúde do Brasil.
Jornal Oeste/montedo.com

Skip to content