Escolha uma Página

1.jan.2018 - Tropas federais patrulham ruas de Natal nesta segunda-feira
1.jan.2018 – Tropas federais patrulham ruas de Natal nesta segunda-feira (Vitorino Junior/Photopress/Agência O Globo)
Aliny Gama
Colaboração para o UOL, em São Paulo 
Apesar da crise da segurança que o Rio Grande do Norte vem enfrentando há cerca de duas semanas sem a polícia nas ruas, a Sesed (Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social) considerou “tranquilas” as festas de Réveillon no Estado. A segurança foi reforçada pelos militares que chegaram ao Estado na última sexta-feira(29). O Ministério da Defesa informou nesta segunda-feira (1º) que ocorrências criminais como homicídios dolosos, latrocínios e lesões seguidas de morte caíram
pela metade após a chegada das Forças Armadas.
Nas ruas, foi registrada ao menos uma morte na noite de ontem. O número contrasta com as 87 mortes violentas verificadas entre os dias 19 e 30 de dezembro –um aumento de 40% em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo o Observatório da Violência Letal Intencional (Obvio/RN).
Segundo a DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa), a vítima de 43 anos foi assassinada a tiros no bairro do Alecrim (região central de Natal). A motivação do crime é desconhecida e ninguém foi preso.
[…]
A festa da virada realizada na praia de Ponta Negra, na região sul da capital Natal,
teve movimento intenso, mas sem ocorrências de violência.
A festa da virada realizada na praia de Ponta Negra, na região sul da capital Natal, teve movimento intenso, mas sem ocorrências de violência.
De domingo (31) a segunda, 12 veículos foram roubados em Natal, de acordo
registros da delegacia de plantão da zona sul de Natal. Agentes dessa delegacia
informaram que duas pessoas foram presas –uma por embriaguez ao volante e
outra por tráfico de drogas.
As forças de segurança que comandam a Operação Potiguar III, no Estado,
divulgaram um balanço comparativo entre os períodos anterior e posterior à
chegada das Forças Armadas. Nos três dias anteriores ao patrulhamento do
Exército, foram registrados 27 crimes violentos letais intencionais no Rio Grande do
Norte. 
Desde o dia 30 até esta segunda (1°), já com o Exército nas ruas, foram registrados
14 crimes do tipo no Estado.
Também foram verificadas quedas em relação a crimes de menor potencial ofensivo
como arrombamentos (50%) e roubos (23,7%), ainda que furtos tenham crescido
28,6%.
No saldo final dessas ocorrências, segundo o balanço da operação, houve queda
de quase 23% em crimes não letais. 
UOL/montedo.com
Skip to content