Escolha uma Página
Reportagem do ‘Sunday Express’ diz que thatcher ficou furiosa com
ação do Brasil durante guerra das Malvinas

Daniel Buarque
Documentos secretos da diplomacia britânica recém-revelados mostram que a premiê Margaret Thatcher ficou “furiosa” com o Brasil durante a Guerra das Malvinas, nos anos 1980.
Segundo o jornal “Sunday Express”, Thatcher chegou a ameaçar o Brasil de “sérias consequências” depois que o país apreendeu um bombardeiro inglês que precisou pousar no Rio.
Telegramas do Foreign Office, o ministério de relações internacionais inglês, de 1982, mostram que a premiê pediu uma intervenção dos Estados Unidos contra o Brasil.
“Nas circunstâncias, brasileiros não devem ter dúvidas de que o governo de sua majestade considera que a revogação da decisão anunciada ontem [de liberar o avião] terá consequências muito sérias”, dizia o telegrama enviado pela premiê à embaixada britânica no Brasil.
O jornal explica que o bombardeiro Vulcan precisou fazer um pouso de emergência no Brasil depois de atacar um radar argentino nas Mavinas. O Brasil teria cedido a pressões argentinas para confiscar o avião, até que Inglaterra e EUA entraram na disputa diplomática.
O Brasil acabou liberando o bombardeiro uma semana depois, poucos dias antes do fim do conflito entre Reino Unido e Argentina.
Blog do BRASILIANISMO/montedo.com
Skip to content