Escolha uma Página

Bolsonaro em 2011: ‘PMB é um partido natimorto’ (reprodução: Montedo,com)
Quatro anos após afirmar textualmente que “O PMB é um partido natimorto até porque seu presidente, um capitão da PM de São Paulo, declarou que repudia o que denominou “golpe de 1964”, o Deputado Jair Bolsonaro trabalha com afinco para recolher as assinaturas necessárias para viabilizar a criação do partido, que tem como principal nome seu fundador, presidente de honra e deputado federal Capitão PM Augusto (PR/SP), que acredita que o futuro partido será o sucessor da Arena, justamente o partido criado para apoiar o governo militar, após 1964.
Bolsonaro em 2015: campanha de assinaturas para o PMB (Reprodução: página do Deputado Bolsonaro)
A campanha de adesões tem razão de ser: Bolsonaro, que já afirmou pretender ser candidato à Presidência em 2018, precisa de uma legenda para chamar de sua. O PMB, por outro lado, sonha com um nome de peso que lhe dê sustentação no Congresso.
Puxa daqui, negocia dali, e as ideologias vão ficando em segundo plano. O que interessa é ‘chegar lá’, onde quer que o ‘lá’ esteja. Afinal, “assim é a política, estúpido!”

O deputado Capitão Augusto (PR-SP), à direita
Foto: Jorge William / Agência O Globo
Capitão Augusto: fardado no Congresso (Jorge William / Agência O Globo)

Leia também

BOLSONARO: “O PMB [PARTIDO MILITAR BRASILEIRO] É UM PARTIDO NATIMORTO!

Partido Militar Brasileiro será o sucessor da ARENA, diz deputado que usa farda no Congresso.

Com 15 deputados federais, Partido Militar deve ser criado até dezembro e espera adesão de Bolsonaro.

Rumo ao Partido Militar Brasileiro? Bolsonaro pede desfiliação do PP.

Skip to content