Escolha uma Página
Comboio do Exército patrulha bairro de Casa Forte, na Zona Norte do Recife (Foto: Luna Markman / G1)
Apesar do fim da greve, comboio do Exército patrulha bairro de Casa Forte, Zona Norte do Recife (Foto: Luna Markman / G1)
Os PMs e Bombeiros de Pernambuco decidiram pelo encerramento da greve, em assembleia realizada na noite desta quinta-feira (15).Segundo os líderes do movimento, três itens foram acordado com o governo: a reestruturação do Hospital da PM, implantação da gratificação por risco de vida no salário-base e a aprovação, até julho, de promoções para os praças. As outras reivindicações, listadas em documento com 18 itens, só voltam a ser discutidas em janeiro de 2015.
Os grevistas queriam aumento de 30% a 50%. À tarde, o secretário da Casa Civil, Luciano Vasquez, encerrou as negociações após a paralisação ter sido decretada ilegal pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).
Mesmo com o fim da paralisação, o Ministério da Justiça informou em nota que as tropas da Força Nacional de Segurança Pública e do Exército vão permanecer no estado “até que a situação se normalize por completo.”
Con informações do G1
Skip to content