Escolha uma Página

Morre militar baleado na cabeça após tentativa de assalto
O crime ocorreu por volta das 22h30 dessa sexta-feira (3/1) quando três bandidos seguiram a vítima até a garagem do prédio onde morava

Imagem mostra o momento da perícia e a marca do tiro no veículo do militar (Mara Puljiz/CB/D.A.Press)
Imagem mostra o momento da perícia e a marca do tiro no veículo do militar
O militar reformado João Carlos Franco de Souza, de 66 anos, baleado na cabeça após tentativa de assalto, na 112 Sul, não resisti e morreu neste sábado (4/1). A informação foi confirmada às 20h30 pela Secretaria de Saúde.
O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) na noite de hoje. A Força Aérea Brasileira informou que o velório será realizado neste domingo na Base Aérea de Brasília.
O crime ocorreu por volta das 22h30 dessa sexta-feira (3/1) quando três bandidos seguiram a vítima até a garagem do prédio onde morava. Dois desceram do veículo, que era um gol vermelho, e anunciaram o assalto assim que a vítima acionou o controle para abrir o portão da garagem.
A vítima dirigia um carro modelo i30 e, ao ser atingida, perdeu o controle do automóvel que desceu pela rampa da garagem e atingiu a traseira de uma Sandero. Segundo a polícia, os criminosos queriam roubar o veículo, mas o militar tentou fugir e acelerou. Ele foi levado pelo Corpo de Bombeiros em estado grave ao Hospital de Base. De madrugada, o militar passou por uma cirurgia e os médicos tentavam estabilizá-lo.
Com informações de Mara Puljiz e Almiro Marcos (R. A)
CORREIO BRAZILIENSE/montedo.com

Nota do editor:
O militar falecido era Brigadeiro RRm.
Skip to content