Escolha uma Página
Exército e Força Nacional de prontidão para virem a Alagoas
Governador solicitou ajuda da presidente Dilma e do Ministro Cardozo para garantir segurança durante Operação Padrão da PM

Bernardino
Uma fonte do Ministério da Justiça me informou que o ministro José Eduardo Cardozo e a presidente Dilma colocaram homens do Exército e da Força Nacional à disposição do governador Teotonio Vilela, caso os policiais militares de Alagoas não retomem normalmente ao trabalho.
Segundo essa fonte, o governador Teotonio telefonou ontem à tarde para Dilma e depois para o Ministro da Justiça, informando sobre a situação do estado com os militares na chamada “Operação Padrão”.
O ministro Zé Eduardo Cardozo teria assegurado a Vilela a disponibilização de mais homens da Força Nacional e do Exército em Alagoas, em 24 horas após o sinal do governador. “O pessoal já está de prontidão para atender ao pleito do governador de Alagoas”, confidenciou-me a fonte.
Na quinta-feira à noite, reunido com os representantes das associações militares, na presença de deputados estaduais e do deputado federal Givaldo Carimbão(Pros), tucanoTeotonio Vilela assegurou o realinhamento salarial dos militares e acordou prazo até quinta-feira (26), para se posicionar sobre outros pleitos dos policiais, com o compromisso de que todos retornariam ao trabalho, o que não aconteceu até ontem à noite.
Hoje(21), o governador Teotonio Vilela, que leva mutirão da saúde ao Vergel do Lago, a partir das 10h, deve voltar a se reunir com a cúpula da segurança pública para uma nova avaliação. Caso os policiais militares continuem parados, ele deve acionar o ministro da Justiça e colocar, já amanhã, exército e mais homens da Força Nacional no policiamento do estado. Ontem, em entrevistas à imprensa, o governador disse acreditar que os militares “cumprirão sua parte no acordo”.
Correio do Povo de Alagoas/montedo.com
Skip to content