Escolha uma Página
Soldados assaltam panificadora e se refugiam em quartel
As câmeras de segurança ajudaram a polícia a reconhecer os soldados.

Dois soldados do 33º Batalhão de Infantaria Mecanizado, de Cascavel, no oeste do Paraná, foram presos na noite de quinta-feira (24). Eles são suspeitos de assaltar uma panificadora e de atirar contra uma das vítimas.
Eles foram presos após um dos soldados ser identificado quando fazia um boletim de ocorrência informando o roubo de uma moto, a mesma usada no assalto, afirma a polícia. Os dois responderão por roubo e tentativa de latrocínio.
Ele foi identificado através das imagens das câmeras de segurança do estabelecimento, que mostram o momento em que os dois chegam de moto, cobrem o rosto, entram na panificadora e anunciam o assalto. Enquanto um dos funcionários entrega o dinheiro do caixa, o dono pula em um dos ladrões. O outro dispara e o tiro acerta de raspão um cliente. O motorista de uma caminhonete percebe a movimentação e tenta impedir a fuga da dupla jogando o veículo contra a moto. Os ladrões caem e fogem a pé levando cerca de R$ 1,5 mil. Em seguida, um deles entrou no quartel, que fica a 800 metros da panificadora, vestiu a farda e foi até a Polícia Civil.
Ao ser questionado, o jovem, de 19 anos, confessou a participação no crime. No apartamento dele, os policiais encontraram um revólver calibre 32 e uma pistola calibre 380, 600 gramas de maconha e R$ 1,2 mil. O outro suspeito, também de 19 anos, foi localizado em seguida. Os dois permanecerão presos no batalhão do Exército em Cascavel à disposição da Justiça.
BemParaná/montedo.com
Assista o vídeo do canal R7:

Skip to content