Escolha uma Página
Militares fazem treinamento aéreo de guerra em Praia Grande, SP
Eles usaram canhões antiaéreos e metralhadoras.
Exército contou com apoios para o exercício ser feito com segurança.
Do G1 Santos
Exército contou com ajuda para a segurança do treino (Foto: Reprodução/ Tv Tribuna)
Exército contou com ajuda para a segurança do
treino (Foto: Reprodução/ Tv Tribuna)
Diversos militares fizeram um treinamento aéreo para combater possíveis ataques inimigos nesta semana, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O exercício serviu para finalizar a formação dos soldados.
O tenente coronel Márcio Morgadomon, falou sobre a atividade. “O treino serve para nós conseguirmos, ao final do ano de instrução, capacitá-los a operar esse armamento que é padrão do grupo de artilharia antiaérea”.
Para aprimorar a pontaria dos soldados, são usados canhões antiaéreos com capacidade para 360 tiros por minuto e alcance de até seis quilômetros e uma metralhadora capaz de fazer 600 disparos por minuto e acertar uma aeronave há tetrês quilômetros de distância.
Os treinamentos chamaram a atenção das pessoas que estavam no alto dos prédios vizinhos e em terra firme. “Estou dandodo uma espiada. Para quem acompanha, é muito bonito”, conta o aposentado Roberto Cozi.
Para treinamentos como esse, por segurança, o exército conta com apoios importantes. A Força Aérea Brasileira (FAB) muda a rota de aeronaves que costumam sobrevoar pelo local e a Marinha proíbe a passagem de embarcações. Além disso, um radar detecta qualquer aproximação que seja pelo ar. “Nós precisamos ter todo o controle de segurança para que nada dê errado durante sua execução”, finaliza.
G1/montedo.com
Skip to content