Escolha uma Página
Nota do editor:
Recuperando notícia de 12 de outubro

Força Militar: Saito revela que quer ficar no cargo
Brigadeiro disse que, por ele, permanecerá no comando em 2014, frustrando oficiais que já discutiam nos bastidores a sucessão
TB Juniti Saito
Saito: se Dilma deixar, ele fica
(Imagem: FAB)
Rio – O comandante da Força Aérea, brigadeiro Juniti Saito, está disposto a ficar mais um ano no cargo. A revelação foi feita ontem no Rio pelo próprio militar, durante encontro de prestação de contas com oficiais superiores.
Saito disse que, por ele, permanecerá no comando em 2014, frustrando oficiais que já discutiam nos bastidores a sucessão, que era dada como certa até a bombástica declaração de ontem[11]. “Foi um descontentamento geral”, resumiu fonte da coluna, presente ao encontro.
A insatisfação partiu ainda de oficiais especialistas, que vão ver colegas oriundos da Academia da FAB e médicos serem promovidos no fim do ano, em detrimento dos demais.
No encontro, Saito classificou como “necessário” o processo de promoção que desagrada os oficiais especialistas. O grupo saiu do encontro sem nenhuma promessa de que terá prioridade nas promoções no fim do próximo ano.
O comandante Saito frustrou a audiência também ao falar do arrastado processo de compra de novos caças para FAB. Disse que o processo ainda está em estudo e sem data para ser concluído. Voltou a dizer que, por ele, os caças norte-americanos F-A18 Super Hornet são os preferidos, mas que a decisão final será mesmo da equipe econômica do governo e do ministro da Defesa, Celso Amorim, e que a opinião dele não deve pesar.
O Dia/montedo.com
Skip to content