Operação do Exército combate madeireiros ilegais na Amazônia

Operação vai combater madeireiros ilegais na região amazônica
Um dos objetivos é preservar territórios indígenas dos Awá.
Pelo menos oito serrarias já foram fechadas e equipamentos apreendidos.
Do G1 MA
 Exército Brasileiro lançou uma operação para parar o desmatamento ilegal (Foto: Divulgação/Exército)
Exército Brasileiro lançou uma operação para parar
o desmatamento ilegal (Foto: Divulgação/Exército)
O Exército Brasileiro iniciou operação terrestre contra madeireiros ilegais que estão operando em torno da terra dos Awá, a tribo mais ameaçada do mundo. Centenas de soldados, policiais e agentes especiais do Ministério do Meio Ambiente penetraram a região da Amazônia brasileira, com o apoio de tanques, helicópteros e aproximadamente 100 outros veículos.
O objetivo maior é parar o desmatamento ilegal que já tem destruído mais de 30% de um dos territórios indígenas dos Awá. A operação teve início no final de junho deste ano. Até agora, pelo menos oito serrarias foram fechadas e outros equipamentos foram confiscados e destruídos.
A operação chega em um momento crítico para os Awá, uma das últimas tribos caçadores-coletores nômades da Amazônia brasileira. Mas, enquanto a operação está tornando mais difícil a entrada dos madeireiros no território dos Awá, e a remoção da madeira valiosa, as forças não entraram na terra Awá em si – onde o desmatamento ilegal ocorre a um ritmo alarmante e onde ação rápida é crucial.
“Os invasores devem ser removidos da nossa floresta. Os madeireiros já destruíram muitas áreas; nós não queremos que eles acabem com toda nossa floresta.”, disse Amiri Awá.
G1/montedo.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo