Escolha uma Página
Amigos, recebi da Lígia Leal esta mensagem, relatando uma estranha – para dizer o mínimo – e até agora inexplicada alteração do percentual de Adicional de Habilitação da pensão que recebe da Marinha do Brasil.
Como se não bastasse, ela se diz vítima de um jogo de empurra-empurra entre uma repartição e outra, que já dura cinco meses.
Lígia Leal, vocês sabem, é editora do blog Ponto de Vista e ferrenha defensora dos direitos dos militares.
Mas claro que isso é apenas uma coincidência. Estranha coincidência, por sinal.

QUEIXA DA PENSIONISTA
Recebí, comunicado de alteração do percentual da parcela ” AD Habilit” de 20% para 16%- na cota parte 01/01 (100%)do Capitão-Tenente(IM), Rafael Leite Pedrosa, encarregado da Divisão de Pagamento de Inativos e Pensões Civis da Marinha,
Segundo informações obtidas pela divisão de atendimento a pensionistas da OMAC de Paranaguá, a alteração é aleatória e nem todas as pensionistas receberam qualquer alteração em seus pagamentos.
Acabei sendo a contemplada.
Vejam vcs, as informações que me foram repassadas, sugerem que eu, encontre a carteira da Marinha do meu pai, para ver se ele havia feito cursos complementares, quando estava na ativa.
Primeiramente, como encontrar essa carteira, se papai faleceu em 1983. E em segundo lugar, meu pai entrou na reserva remunerada, logo após participar da II Guerra Mundial. Se ele tivesse a bendita da carteira, certamente que desapareceu em suas viagens, lutando pelo BRASIL.
Com soldo tão defasado, extrair mais de 100 reais, é simplesmente um ROUBO.
É uma VERGONHA, um militar, que honrou seu país,pensou no futuro de sua descendente, pagou com desconto mensal a pensão deixada para sua única filha, ter alteração na pensão.É o FIM da PICADA!
Liguei para o SIPM e o atendente, empurrou-me para a OMAC de Paranguá, que tb solicitou-me, contatar a SIPM.
Este empurra- empurra, ocorre desde o mês de JULHO.
Solicitaria dos amigos, orientação sobre como devo proceder, para que retirem essa alteração do meu pagamento.
Soube através de um amigo, que é oficial da Marinha, que este processo é ilegal, já que a grande maioria dos militares que participaram da II Guerra Mundial, não tinham carteiras de cursos.
Afinal, por que desta alteração?
E por que somente no meu caso houve a alteração?
Vejam amigos. Quanto mais trabalhamos em favor dos MILITARES DAS F.A, mais RETALIAÇÃO aparece do NADA.
Estou simplesmente INDIGNADA, com a MARINHA.
Abraços,
Lígia Leal
Skip to content