Escolha uma Página
BA: ex-sargento aplica golpe em militares que estavam no Haiti
Pelo menos dez militares baianos, entre soldados e oficiais do Exército Brasileiro que faziam parte da missão de paz no Haiti, foram vítimas dos golpes do sargento reformado George de Brito Sena, 42 anos, preso, na tarde dessa quarta-feira, no Comércio, em Salvador, por investigadores da Delegacia de Repressão ao Estelionato e Outras Fraudes (Dreof).
O titular da Dreof, delegado Charles Leão, disse que o crime só foi descoberto quando os militares retornaram ao Brasil, já no final de 2011. O ex-sargento é suspeito de fazer parte de uma quadrilha especializada em adquirir veículos utilizando, de forma ilegal, nomes de militares do Exército.
No momento da abordagem, George estava usando um documento de identidade com a sua foto, mas em nome de Marco Antônio Mourão Santana. Apesar de estar usando apenas este documento para contratar serviços de internet e telefonia móvel em diversas empresas da região, George portava diversos outros RGs de civis e militares, além de folhas de cheques e cartões de crédito, todos em nome de terceiros. Uma pistola .40, com dois carregadores, também estava em seu poder. A polícia investiga junto às Forças Armadas a legalidade do porte de arma apresentado.
Com dez veículos registrados em seu nome, George também é suspeito de estar envolvido em golpes contra seguradoras. As investigações mostraram que ele já teve quatro carros roubados num curto espaço de tempo. Alegando que só falará em juízo, o estelionatário encontra-se detido no 19º Batalhão de Caçadores (BC), no Cabula. A Dreof está intensificando as investigações para localizar e prender o restante da quadrilha de estelionatários.
Terra/montedo.com
Skip to content