Escolha uma Página
Polícia prende dois homens após troca de tiros em rua de Manaus
Um soldado do Exército é suspeito de fazer parte da quadrilha.
Segundo a polícia, um quarto membro do banco está foragido.

Ana Graziela Maia
Um homem de 19 anos e um adolescente de 17 foram detidos após trocas de tiros com policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), na madrugada desta quinta-feira (29). A dupla é suspeita de tentar assaltar uma drogaria localizada no posto de gasolina Texaco, Novo Aleixo, Zona Leste de Manaus. Um soldado do Exército é suspeito de fazer parte da quadrilha.
Segundo informações da Rocam, os policias avistaram quatro homens armados saindo do posto de combustível. Durante abordagem, os suspeitos efetuaram disparos de arma de fogo contra a viatura. Eles fugiram em duas motos, abandonando no local duas armas de fogo, sendo uma calibre 38 outra de 32.
No tiroteio, o jovem de 19 foi atingido com um tiro nas costas, mas conseguiu fugir na garupa de um dos comparsas. Na perseguição, a quadrilha abandonou uma das motos, que havia sido roubada horas antes de um mototaxista, nas proximidades do posto.
Ainda de acordo com a Rocam, o adolescente ferido foi localizado no Hospital Pronto-Socorro, João Lúcio, Zona Leste. Após exames na unidade, ele foi encaminhado para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP).
Em depoimento, ele assumiu a autoria dos crimes e relatou informações sobre a quadrilha. O infrator informou à polícia que uma das motos utilizadas por eles era do soldado do Exército, lotado no 1º Batalhão de Infantaria da Selva (BIS). Ainda segundo ele, o soldado seria o responsável por organizar e também participava do assalto. Por meio do jovem, a polícia teve acesso ao endereço do soldado, e do quarto infrator.
A equipe da Rocam foi até aos locais informados, no bairro Coroado, Zona Leste, e apreendeu o adolescente de 17 anos. Os policiais encontraram com ele o dinheiro do assalto, um total de R$ 350,00 reais. O soldado do Exército e o quarto homem envolvido no caso estão foragidos.
O assaltante de 19 anos foi autuado em flagrante por formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo e roubo. Ele será encaminhado para a cadeia pública Raimundo Vidal Pessoa, Centro, Zona Sul. O adolescente será encaminhado para a Delegacia Especializada em Apuração de Ato Infracionais (DEAAI).
A assessoria de comunicação do Comando Militar da Amazônia informou ao G1 que o Exército investiga o caso para tentar identificar se o suspeito apontado é soldado das Forças Armadas.
Skip to content