Escolha uma Página
O ministro francês da Defesa, Alain Juppé, expressou nesta terça-feira sua confiança de que a nova presidente brasileira, Dilma Rousseff, dará sua aprovação à compra dos caças Rafale.
“Certamente conversamos com os dirigentes com quem me reuni. Acho que podemos nos mostrar confiantes. Mas nossa linha de conduta é não anunciar coisas antes que elas aconteçam”, declarou o ministro, que representou a França na posse de Rousseff no sábado passado em Brasília.
O resultado da licitação de 36 aviões de combate, que diz respeito a uma quantia entre 4 e 7 bilhões de dólares, se encontra agora nas mãos de Rousseff.
Em setembro de 2009, durante uma visita oficial ao Brasil, o presidente Nicolas Sarkozy anunciou que a França venderia os Rafales ao Brasil.
O então presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o caça francês era o seu favorito, apesar de a Força Aérea brasileira preferir o caça sueco, segundo a imprensa local.
A França, que jamais exportou esse avião de combate, também se comprometeu em repassar sua tecnologia ao Brasil.
Skip to content