Escolha uma Página
Fábio Guimarães
Um soldado desertor foi preso na terça-feira, em flagrante, dirigindo uma moto que havia sido furtada em Deodoro, na Zona Oeste. Segundo a polícia, Walmir Gláucio da Silva Barsch, de 20 anos, estava com o veículo sem placa, que seria de um coronel do Exército, na Rua Adjar de Azevedo, onde mora, em Parque Anchieta.
Policiais militares do 14º BPM (Bangu) foram ao endereço para checar a denúncia de que um Chevette tinha sido roubado e abandonado no local. Depois de identificarem que o carro fora furtado na área da 33ª DP (Realengo), os PMs viram Walmir com a motocicleta, que também foi alvo de furto, no último dia 9, em frente a um batalhão do Exército, em Deodoro.

Suspeito de receptação

Ao ser preso, Walmir disse que a moto teria sido emprestada por um amigo. Policiais militares que efetuaram a prisão disseram que ele era suspeito de levar veículos para o local, onde, possivelmente, seriam desmontados para a venda de peças.
De acordo com Débora Rodrigues, delegada adjunta da 38ª DP (Brás de Pina), a polícia investigará se Walmir roubou os dois veículos.
— A partir do momento em que ele estava dirigindo uma moto sem placa, tem responsabilidade por isso — disse a delegada, que indiciou Walmir por receptação, cuja pena pode chegar a quatro anos de prisão.
O ex-soldado deve ser levado hoje para o 25º Batalhão Logístico, onde servia.
Skip to content