Escolha uma Página

Luiz Marinho prefere os caças suecos

 Os companheiros do PT começam a divergir sobre o reaparelhamento da Força Aérea Brasileira. Como noticiado pela imprensa nacional, o presidente Luiz Inácio da Silva não esconde sua preferência pelos caças Rafale. A primeira manifestação de Lula da Silva em favor da francesa Dassault ocorreu por ocasião das comemorações do Dia da Independência, em 7 de setembro de 2009. À época, Lula, ao lado do presidente Nicolas Sarkozy, garantiu que o governo brasileiro optara pelos caças franceses.
Da bilionária concorrência participam a norte-americana Boeing, com o modelo F-18 Super Hornet, e a sueca Saab, com o Gripen. Depois do antecipado anúncio presidencial, o Palácio do Planalto decidiu postergar a decisão oficial, o que levou os fabricantes a retomarem as investidas na Esplanada dos Ministérios. A Saab, que contou com a intervenção do rei da Suécia, Carl Gustav, resolveu usar o ex-sindicalista Luiz Marinho, prefeito de São Bernardo do Campo, para embolar o processo licitatório.

Em visita oficial à Suécia, a convite do Conselho de Comércio Exterior daquele país, Marinho foi convencido de que o Gripen é o caça ideal para a FAB. E o companheiro do presidente Lula não poupou elogios ao falar sobre o bólido da Saab. “Acredito tratar-se de uma oportunidade única para uma real transferência de tecnologia para o Brasil e de ampla geração de empregos voltados à alta tecnologia”, disse Marinho. Longe de ser um especialista em aviação militar, Luiz Marinho está decidido a contrariar a decisão do seu padrinho político, o presidente-metalúrgico Lula da Silva, ou há algo muito mal explicado por trás dessa história.
UCHO.INFO

Skip to content