Escolha uma Página
Hugo Chávez disse ao jornal El País, da Espanha, que não vê as FARC e seus membros como terroristas, “assim como Brasil, Chile, Argentina e Equador”.
Lembrou que, na América, só Colômbia e EUA têm essa visão.
Disse o pré-ditador venezuelano:
– As Farc não são terroristas, são uma força rebelde. E é preciso reconhecê-la como tal para conseguir a paz, porque não se pode dialogar com terroristas
O bufão de Caracas não está de todo errado, afinal, de há muito as FARC deixaram de ser uma organização terrorista, rebaixando-se (mais) a condição de réles bando armado, que sobrevive à custa dos resgates que recebem dos cidadãos sequestrados e, claro, do narcotráfico.
Skip to content