Escolha uma Página

GENEBRA – A corrida do Brasil por se tornar uma potência regional, aliado às despesas do governo colombiano com armamentos, fez com que o dinheiro gasto com armas na América do Sul tenha sofrido um aumento de 50% em apenas dez anos. Os dados foram publicados hoje pelo Instituto Internacional de Pesquisas para a Paz de Estocolmo. A alta nos gastos militares da região estariam sendo provocadas pela “corrida do Brasil pelo status de potência regional”, além do aumento dos gastos da Colômbia para lidar com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).Leia mais.ESTADÃO.COM.BR

Skip to content