Escolha uma Página

O Exército está agindo na fronteira com a Argentina, o Urugai e o Paraguai, nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, na Operação Fonteira Sul, que mobiliza 10 mil homens.
O objetivo é coibir crimes internacionais como contrabando, descaminho e tráfico de drogas, treinar os soldados em operações na fronteira e integrar os órgãos de segurança.
A meta deste ano é manter cerca de 200 pelotões móveis, que farão ações em locais de acesso dos três países ao Brasil, fazendo repressão e combate a delitos nas fronteiras.
A mobilização integra as Forças Armadas com órgãos de segurança pública e de fiscalização estaduais e federais.
As ações vão desde o Chuí (RS) até Guairá (PR) e são encaradas como treinamento para os militares que participam das atividades. O contingente utiliza estrutura para patrulhamento terrestre, naval e aéreo.
Leia mais aqui.
CLICRBS – DIÁRIO CATARINENSE

Skip to content